facebook INSTA

Prefeito Bruno Covas visita sede da UMES e conhece trabalho da entidade

Prefeito na UMESAo centro, o prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas, junto ao presidente da UMES, Lucas Chen - Fotos: @thaynan.diniz

 

 

A União Municipal dos Estudantes Secundaristas de São Paulo (UMES) recebeu em sua sede central, na manhã desta terça-feira (24), o prefeito da capital paulista, Bruno Covas (PSDB).

 

Em um clima descontraído, os estudantes paulistas apresentaram os projetos realizados no dia-a-dia pela entidade e conversaram com os representantes da gestão municipal sobre importantes pontos relacionados à Educação e Cultura de interesse da nossa cidade.

 

Após a apresentação de um breve resumo das atividades realizadas pela UMES, o prefeito de São Paulo destacou a necessidade do diálogo entre a gestão municipal e as entidades sociais. “Acho muito simbólico vocês abrirem a porta para estarmos aqui hoje, nesse momento em que a gente rediscute democracia no país, que a gente rediscute representação e uma série de valores”, disse Bruno Covas.

 

“Poder retomar essa relação entre movimento estudantil e governo para a construção de uma cidade melhor, para a construção de uma educação publica com mais qualidade, para a construção da difusão cultural é muito importante”, ressaltou o prefeito às lideranças estudantis presentes no encontro.

 

TEATRO

Prefeito e seus secretários com membros da diretoria da UMES 

 

Bruno Covas manifestou preocupação com o alto índice de desemprego entre jovens na cidade de São Paulo e destacou a importância do trabalho em conjunto com os estudantes para mudar esta situação.

 

“Nós temos um índice altíssimo de desemprego na cidade de São Paulo, fruto de cinco anos de recessão econômica. Quando fazemos o recorte, vemos que esse desemprego é muito maior entre os jovens. Quando fazemos um segundo recorte, a gente vê que esse índice é muito maior entre o jovem de periferia. Nós poderíamos fazer um terceiro e um quarto recorte mostrando que esse índice é ainda maior entre a jovem de periferia, mulher e negra. Então, não há dúvida que a gente precisa atuar conjuntamente para reduzir essa desigualdade, para poder atuar na cidade de São Paulo”, afirmou.

 

“Não tenho a menor dúvida que, trabalhando conjuntamente, nós podemos fazer muito mais. Em especial para a população de periferia, que mais sofre, que é mais excluída e que tem mais dificuldade”, disse.

 

TRABALHO

 

O prefeito apontou ainda sua disposição em “corrigir rumos”. “Não temos nenhum compromisso com o erro. Sabemos que, muitas vezes, as boas ideias acabam não surtindo nenhum efeito”, disse. “A participação e o movimento de vocês ajuda a Prefeitura a corrigir rota, a corrigir rumos e a acertar e ajustar, para que a gente possa gastar bem o recurso público”, destacou.

 

“Fiquem livres e à vontade para seja na área da Educação e da Cultura participar, sugerir, criticar e se envolver, porque isso ajuda muito a errarmos menos e acertar mais aqui na cidade de São Paulo”, concluiu Bruno Covas.

 

DIÁLOGO

 

Após a fala de Bruno Covas, o presidente da UMES, Lucas Chen, agradeceu a presença do prefeito na sede da entidade e destacou a necessidade trabalho em conjunto com a gestão municipal.

 

“Nesse momento as entidade estudantis têm passado por um ataque muito grande. Poder receber o senhor, junto aos seus secretários é muito importante para nós. Um reconhecimento de que esse trabalho dos estudantes e da sociedade organizada é importante, é justo e é necessário”, disse Chen.

 

“Queremos manter essa relação por muito tempo, para podermos superar esse momento sombrio que se encontra o nosso país”, destacou.

 

O presidente da UMES ressaltou também que, ao contrário do criminoso e irresponsável corte de 30% do orçamento do governo federal para a Educação, aqui em São Paulo, o prefeito Bruno Covas manteve o orçamento, garantindo o funcionamento e a capacidade de investimento da pasta.

 

Durante o encontro, foram apresentadas as demandas dos estudantes e da sociedade para o prefeito e sua equipe. Dentre elas, a necessidade de ampliar a número de creches de administração direta da Prefeitura, que possuem mais qualidade e atendem uma demanda maior de crianças.

 

Os estudantes também apontaram a necessidade de discussão sobre a proposta de Ensino Médio que se garanta a qualidade da educação e que seja construída em conjunto com a comunidade escolar.

A questão do acesso à merenda de qualidade também foi pautada pelos estudantes como ponto fundamental para a garantia da permanência dos estudantes na escola e pelo desenvolvimento efetivo das crianças.

 

PROJETOS

 

Durante o encontro, também fizeram uso da palavra os secretários da Educação, Bruno Caetano e o da Cultura, Alexandre Youssef, apresentando as propostas de atuação em conjunto para os estudantes.

 

O secretário da Educação da capital, Bruno Caetano, apresentou aos estudantes a proposta de mudança nas escolas de Ensino Médio para adequá-las à reformulação aprovada no Congresso. Ele manifestou ainda a disposição da Prefeitura em discutir a proposta com os estudantes. “Precisamos ampliar a carga horária do Ensino Médio já no ano que vem”, disse.

 

“A garantia de que sejam oferecidas todas as matérias do currículo para o conjunto dos estudantes é muito importante”, defendeu Lucas Chen ao secretário.

 

O secretário Bruno Caetano também afirmou a intenção de incentivar novos cursos técnicos nas escolas municipais. “Serão cursos voltados para o futuro, com investimento muito forte em tecnologia. Todas escolas terão material digital, banda larga e salas multimídia”, disse.

 

Ele também manifestou a intenção da Prefeitura de incentivar a formação de grêmios estudantis nas escolas municipais. Segundo ele, a parceria com a entidade é fundamental para ampliar a participação estudantil na vida escolar.

 

Em julho deste ano, o prefeito Bruno Covas, por meio do Decreto Nº 58.840, instituiu o Programa Grêmios Estudantis na Rede Municipal de Ensino de São Paulo.

 

Alexandre Youssef apresentou projetos que a Secretaria de Cultura tem interesse de atuar em conjunto com os estudantes e destacou o programa “São Paulo Capital da Cultura” que integra as agendas culturais realizadas pela Prefeitura de São Paulo.

 

O secretário alertou que uma das maiores preocupações da Prefeitura é a alarmante redução do número de leitores na cidade. “Precisamos ampliar a difusão literária na nossa cidade”, destacou.

 

“Já temos feito eventos literários em todas as nossas 54 bibliotecas e também na Mario de Andrade, que é nosso farol da nossa política literária”, afirmou. “Precisamos envolver as novas tecnologias literárias como os saraus, os slams de leitura... Todas as novas formas de difusão da literatura”, disse o secretário.

Carteirinha da UMES

 

Doc Estudante 2019 UMES fte Alta Cartaz
 

 

Informações

 

CPCUmesFilmes Logo fundo branco

 

 

 

Parceiros 

sptrans

 

  

casa mestre ananias

 

 

 

Fique bem informado

 

hp

 

 

icone-apeoesp

 

 

icone-campanha-educacao

  

  

cropped-capasitecomite-1

Comitê de Luta pela 
Educação Sem Censura

 

   

portal do bixiga

 

 

logo anpof2

Associação Nacional de

Pós-Graduação em Filosofia

 

pornoimpala.info pornopingvin.com
Yurtdışı Eğitim Makedonya Avrupa Üniversitesi Makedonya Eğitim Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Saraybosna Üniversiteleri Makedonya Üniversiteleri Struga Üniversitesi Kiril Metodi Üniversitesi Bulgaristanda Eğitim Bulgaristanda Eğitim Bulgaristan Üniversiteleri Bulgaristan Üniversitesi Bulgaristan Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukraynada Üniversite Ukrayna Üniversiteleri Malta Dil Okulları Gürcistan üniversiteleri Gürcistan Eğitim Malta Dil Okulu Malta Nerede ingiltere Dil Okulları ESE Malta Dil Okulu Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив