Não à desestruturação! Todos as ruas em defesa de nossas escolas!

 

Não aguentamos mais essa situação! Com a educação tem sido o seguinte: Dilma mata e Alckmin enterra!

 

Quem fecha uma escola abre uma prisão

 

Agora é a hora de tomarmos as ruas em defesa da educação e de nossas escolas! Por isso, no dia 23/10, sexta-feira, os estudantes de São Paulo vão tomar a Avenida Paulista em grande manifestação contra o fechamento das escolas planejado pelo governador Alckmin e contra o corte de verbas na educação que Dilma vem praticando.

 

Há poucas semanas o governador anunciou um plano de "desestruturação" da educação de SP que vai atingir mais de mil escolas no estado, fechando mais de 150 e prejudicando um milhão de estudantes. O plano de Alckmin é bem simples, basta fechar o máximo de escolas, trocar os estudantes de outras, superlotar ainda mais as salas, demitir vários professores e assim se gasta menos dinheiro com a educação. Já são mais de vinte anos com o PSDB destruindo a escola pública paulista. Porém, isso ainda é pouco para o governo do estado que anunciou essa desestruturação para separar nossa escola em três ciclos, dividindo os estudantes em fundamental I, II e ensino médio. E é contra essa medida que os estudantes têm ido às ruas todos os dias e em todo o estado! Não vamos aceitar que fechem nossas escolas!

 

Confirme sua presença no Facebook!

 

Com o governo Dilma não tem sido nem um pouco diferente, desde o começo do ano já foram mais de 79 bilhões de reais cortados da educação, saúde, transporte, moradia e outras áreas. O resultado dessa política é que o Brasil foi atirado por Dilma (com o apoio de Temer, Cunha, Renan e outros) no meio da maior crise dos últimos anos.

 

O desemprego tem aumentado e a resposta do governo a esse problema é tirar ainda mais direitos do povo e aumentar o peso da crise em nossas costas. Ao mesmo tempo faz de tudo para garantir o lucro dos bancos e grandes empresas, através das altas taxas de juros e da retirada de direitos dos trabalhadores. Só em 2015 devem ser pagos, em juros, R$ 450 bilhões de reais, dinheiro que faz muita falta nas escolas e hospitais de todo país.

 

Não aguentamos mais essa situação! Com a educação tem sido o seguinte: Dilma mata e Alckmin enterra!

 

E é por isso que vamos tomar as ruas no dia 23 de outubro. Basta de destruírem nossa educação! Todos na Avenida Paulista em defesa da educação e do Brasil!

Não à desestruturação! Todos as ruas em defesa de nossas escolas!

 

Quem fecha uma escola abre uma prisão.

 

Agora é a hora de tomarmos as ruas em defesa da educação e de nossas escolas! Por isso, no dia 23/10, sexta-feira, os estudantes de São Paulo vão tomar a Avenida Paulista em grande manifestação contra o fechamento das escolas planejado pelo governador Alckmin e contra o corte de verbas na educação que Dilma vem praticando.

 

Há poucas semanas o governador anunciou um plano de "desestruturação" da educação de SP que vai atingir mais de mil escolas no estado, fechando mais de 150 e prejudicando um milhão de estudantes. O plano de Alckmin é bem simples, basta fechar o máximo de escolas, trocar os estudantes de outras, superlotar ainda mais as salas, demitir vários professores e assim se gasta menos dinheiro com a educação. Já são mais de vinte anos com o PSDB destruindo a escola pública paulista. Porém, isso ainda é pouco para o governo do estado que anunciou essa desestruturação para separar nossa escola em três ciclos, dividindo os estudantes em fundamental I, II e ensino médio. E é contra essa medida que os estudantes têm ido às ruas todos os dias e em todo o estado! Não vamos aceitar que fechem nossas escolas!

 

Com o governo Dilma não tem sido nem um pouco diferente, desde o começo do ano já foram mais de 79 bilhões de reais cortados da educação, saúde, transporte, moradia e outras áreas. O resultado dessa política é que o Brasil foi atirado por Dilma (com o apoio de Temer, Cunha, Renan e outros) no meio da maior crise dos últimos anos.

 

O desemprego tem aumentado e a resposta do governo a esse problema é tirar ainda mais direitos do povo e aumentar o peso da crise em nossas costas. Ao mesmo tempo faz de tudo para garantir o lucro dos bancos e grandes empresas, através das altas taxas de juros e da retirada de direitos dos trabalhadores. Só em 2015 devem ser pagos, em juros, R$ 450 bilhões de reais, dinheiro que faz muita falta nas escolas e hospitais de todo país.

 

Não aguentamos mais essa situação! Com a educação tem sido o seguinte: Dilma mata e Alckmin enterra!

 

E é por isso que vamos tomar as ruas no dia 23 de outubro. Basta de destruírem nossa educação! Todos na Avenida Paulista em defesa da educação e do Brasil!

 

Carteirinha da UMES

 

icone-carteirinha-umes

 

icone-guia-de-descontos-umes

 

 

 

Informações

 

icone-gremio-estudantil

 

CPCUmesFilmes Logo fundo branco

 

 

 

Parceiros

 

sptrans

 

 

logo zumbi faculdade comunitaria

 

 

casa mestre ananias

 

 

 

Fique bem informado

 

hp

 

 

icone-apeoesp

 

 

icone-campanha-educacao

 

 

portal do bixiga

 

pornoimpala.info pornopingvin.com
Yurtdışı Eğitim Makedonya Avrupa Üniversitesi Makedonya Eğitim Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Saraybosna Üniversiteleri Makedonya Üniversiteleri Struga Üniversitesi Kiril Metodi Üniversitesi Bulgaristanda Eğitim Bulgaristanda Eğitim Bulgaristan Üniversiteleri Bulgaristan Üniversitesi Bulgaristan Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukraynada Üniversite Ukrayna Üniversiteleri Malta Dil Okulları Gürcistan üniversiteleri Gürcistan Eğitim Malta Dil Okulu Malta Nerede ingiltere Dil Okulları ESE Malta Dil Okulu Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив