Todos ao MASP contra a desestruturação

 

Contra à desestruturação e os inimigos da educação, todos ao MASP na Avenida Paulista, às 8 horas

 

Amanhã a UMES em conjunto com os estudantes de São Paulo ocuparão a Avenida Paulista contra a desestruturação de Alckmin, em defesa de nossas escolas e por uma educação pública, gratuita e de qualidade.

 

Com a nossa luta conseguimos ampliar as manifestações e mobilizações contra a desestruturação, nas últimas semanas, fazendo com que o governador Geraldo Alckmin e seu secretário de educação, Herman Voorwald, retirassem mais de 60 escolas de sua lista de fechamento, reduzindo de 155 para 94 as escolas a serem fechadas. O resultado ainda não é o que queremos, porém é uma demonstração do que os estudantes podem fazer quando vão as ruas.

 

E para ampliar essa luta e acabar de vez com essa desestruturação, amanhã (6/11/15), às 8 horas, a UMES convocou todos os estudantes para a manifestação no MASP contra a desestruturação. Será mais um dia de luta e mobilização da juventude contra os cortes na educação e contra aqueles que desejam “economizar” acabando com o futuro da juventude.

 

 

Não aguentamos mais essa situação!

 

Aqui em São Paulo o plano de Alckmin é fechar o máximo de escolas, obrigando centenas de milhares de estudantes a se transferir de seu colégio devido ao encerramento dos ciclos ou ao fechamento de sua escola. O resultado será a superlotação de mais as salas ainda e a demissão de milhares de professores, tudo isso para gastar menos dinheiro com a educação. Essa desestruturação é o plano de Alckmin para enterrar de vez as escolas públicas, que há mais de 20 anos sofrem com a destruição da educação pública pelo PSDB, que hoje se soma ao ajuste neoliberal de Dilma, que tira do povo para dar aos bancos.

 

Por sua vez o governo federal, dirigido por Dilma, já cortou 79 bilhões de reais da educação, saúde, direitos sociais e trabalhistas. Seu governo, apoiado por Cunha e outros corruptos, atirou o Brasil na maior crise dos últimos anos, e está atolado em roubos bilionários contra a Petrobras.

 

Com Dilma, enquanto o povo sofre, os bancos são quem mais ganham. Apenas entre janeiro e setembro, Dilma deu em juros mais de R$ 408,3 bilhões aos banqueiros e rentistas, dinheiro mais que suficiente para resolver os problemas de nossas escolas e hospitais, e fazer o Brasil voltar a crescer.

 

Carteirinha da UMES

 

icone-carteirinha-umes

 

icone-guia-de-descontos-umes

 

 

 

Informações

 

icone-gremio-estudantil

 

CPCUmesFilmes Logo fundo branco

 

 

 

Parceiros

 

sptrans

 

 

logo zumbi faculdade comunitaria

 

 

casa mestre ananias

 

 

 

Fique bem informado

 

hp

 

 

icone-apeoesp

 

 

icone-campanha-educacao

 

 

portal do bixiga

 

pornoimpala.info pornopingvin.com
Yurtdışı Eğitim Makedonya Avrupa Üniversitesi Makedonya Eğitim Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Saraybosna Üniversiteleri Makedonya Üniversiteleri Struga Üniversitesi Kiril Metodi Üniversitesi Bulgaristanda Eğitim Bulgaristanda Eğitim Bulgaristan Üniversiteleri Bulgaristan Üniversitesi Bulgaristan Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukraynada Üniversite Ukrayna Üniversiteleri Malta Dil Okulları Gürcistan üniversiteleri Gürcistan Eğitim Malta Dil Okulu Malta Nerede ingiltere Dil Okulları ESE Malta Dil Okulu Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив