Agravamento da crise amplia a necessidade da escola pública

Foto: Leonardo Varela

 

Em entrevista ao Hora do Povo, o presidente da União Municipal dos Estudantes Secundaristas (UMES), Marcos Kauê, condenou o fechamento de escolas, anunciado por Geraldo Alckmin (PSDB) e ressaltou que a tendência é de um aumento da procura de vagas nas escolas públicas já no inicio de 2016, devido à gravidade da crise que o país passa. Segundo ele, fechar escolas em tempos de crise “é no mínimo insanidade”. 

 

Hora do Povo – O governo Alckmin pretende fechar ao menos 94 escolas e afirma ainda que isto tem o objetivo de melhorar a qualidade da educação? Como a UMES enxerga esta proposta?

 

Marcos Kauê - Como um ataque aos estudantes. Os governos tucanos destruíram a educação pública. Nossas salas estão superlotadas, os professores ganham uma miséria, as escolas parecem presídios caindo aos pedaços. É um completo descaso.

 

Para afundar de vez a educação, Alckmin resolveu criar a tal reestruturação, ele diz isso, que é pra melhorar a qualidade, mas, na verdade seu objetivo é cortar ainda mais a verba gasta com educação. Fechar escola pública em plena crise econômica é uma insanidade.

 

A política tucana é cruel com a juventude. Justamente por causa da crise é que o governador deveria trabalhar para manter mais salas de aula funcionando. O pessoal vai migrar o ano que vem para a escola pública, é obvio. Ao final desse ano, graças a recessão econômica causada pelo governo Dilma, teremos no país mais de 2 milhões de desempregados. Onde os filhos desses trabalhadores irão estudar?

 

A situação é crítica, a inadimplência nos colégios particulares aumentou 27,2% nos primeiros seis meses desse ano. Estimasse que, já em 2016, serão pelo menos 144 mil novos alunos no ensino fundamental e médio público, e o Alckmin fechando escola. As salas que hoje já tem 50 alunos vão ter quantos? 70?

 

HP – Segundo eles, as escolas estão vazias e há ociosidade das vagas...

 

 Kauê – Claro que há certa ociosidade. Mas, ela está mais ligada à evasão escolar do que a ida dos estudantes para a escola privada, principalmente no ensino médio. E isso também é fruto da política do PSDB no estado. Hoje 15% dos jovens de 15 e 16 anos estão fora da escola, não estão sequer matriculados.

 

Além disso, a política da aprovação automática fez com que muitos desistissem de freqüentar as aulas. Eles dizem que não, mas demanda tem sim, mas o jovem não quer ir pra essa escola que não é nem um pouco atrativa, que não contempla de nenhuma forma as nossas expectativas. Se Alckmin quisesse fazer uma mudança séria na Educação, abriria diálogo com os estudantes.

 

HP – A própria Secretaria de Educação admite que a mudança atingirá 74 mil professores. Com o fechamento das 94 escolas e mudanças de períodos letivos em muitas outras, os professores estão com seus empregos garantidos?

 

Kauê – O secretário Herman [da Educação], já deu declarações em que afirma que os professores efetivos não serão demitidos. Entretanto, ele não se pronuncia sobre os professores temporários, da tal categoria O, que são quase 25% do total, e tem contratos de até dois anos.

 

Agora, se eles querem fechar as escolas, encerrar períodos noturnos e alterar outras turmas. Haverá realmente vaga para todos os outros professores?  Estou certo que não.

 

HP – Por que vocês, da UMES, afirmam que “Quem fecha uma escola, abre uma prisão?”

 

Kauê – Porque é esta a política deles. Não existe nenhum interesse em manter a juventude na escola. Em dar uma educação de qualidade para o conjunto dos jovens. Enquanto o número de escolas públicas no país caiu, o número de presídios construídos aumentou e muito, 250%, se não me engano.

 

Ao mesmo tempo em que, por um lado, as escolas estão fechando, por outro, o desemprego causado pela crise criada por Dilma atinge também a nós, jovens.

 

São os jovens os primeiros a serem impactados pelo desemprego. E uma parcela grande da juventude, caí no crime devido à falta de oportunidade.

 

Por isso, os estudantes parafrasearam o escritor Victor Hugo e dizem: “Quem fecha uma escola, abre uma prisão”.

 

 HP – E o que está sendo feito para barrar o fechamento das escolas?

 

 Kauê – As mobilizações estão acontecendo em todo o estado. Aqui na capital, são dezenas de escolas em mobilização. Estamos fazendo atos e protestos em conjunto com os professores e todos os que são contra esta desestruturação. No começo seriam transferidos de escola um milhão de estudantes e 155 escolas fechariam, em 2016. Com todas essas ações, os tucanos, recuaram e agora o que dizem é fechar ao menos 94 escolas e mudar 311 mil alunos de unidade. Essa é uma importante vitória do movimento.

 

Porém é só uma batalha. Esta guerra só será vencida quando nenhuma sala de aula for fechada e nenhum estudante transferido de escola. As mobilizações continuam.

 

Nesta sexta, dia 6, tem protesto unificado na Paulista.

 

Fonte: Jornal Hora do Povo

Carteirinha da UMES

 

icone-carteirinha-umes

 

icone-guia-de-descontos-umes

 

 

 

Informações

 

icone-gremio-estudantil

 

CPCUmesFilmes Logo fundo branco

 

 

 

Parceiros

 

sptrans

 

 

logo zumbi faculdade comunitaria

 

 

casa mestre ananias

 

 

 

Fique bem informado

 

hp

 

 

icone-apeoesp

 

 

icone-campanha-educacao

 

 

portal do bixiga

 

pornoimpala.info pornopingvin.com
Yurtdışı Eğitim Makedonya Avrupa Üniversitesi Makedonya Eğitim Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Saraybosna Üniversiteleri Makedonya Üniversiteleri Struga Üniversitesi Kiril Metodi Üniversitesi Bulgaristanda Eğitim Bulgaristanda Eğitim Bulgaristan Üniversiteleri Bulgaristan Üniversitesi Bulgaristan Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukraynada Üniversite Ukrayna Üniversiteleri Malta Dil Okulları Gürcistan üniversiteleri Gürcistan Eğitim Malta Dil Okulu Malta Nerede ingiltere Dil Okulları ESE Malta Dil Okulu Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив