E. E. Fernão Dias é ocupada contra fechamento de escolas

Foto: Ícaro Bendas

 

“Se a educação é um direito, ocupar nossas escolas, nesse momento em que o governo quer fecha-las, é um dever”, afirmou o estudante Heudes Cássio Oliveira, do 3° G do ensino médio, um dos presentes na ocupação da Escola Estadual Fernão Dias Paes, que teve início nesta terça (10), às 7 horas. Por telefone o estudante denunciou que não é correto fechar escolas e salas para economizar gastos com a educação. “Se há salas disponíveis não há necessidade do Fernão estar hoje com suas salas cheias, com mais de 40 alunos”, disse o estudante ao contestar o argumento do governo para fechar escolas.

 

O estudante explicou que a ocupação se deu após diversas tentativas de conversa com a Secretaria de Educação, Diretoria de Ensino Regional Centro-Oeste, e a realização e participação em manifestações e também diversas paralisações das principais vias próximas à escola. “A ocupação busca dar voz aos estudantes” disse Heudes, explicando que nenhum diálogo foi feito com os estudantes. “Já estamos na há mais de 32 horas e mesmo assim ninguém [do poder público] veio conversar com a gente [sobre a reorganização]. Tornaram nossa reivindicação em um caso de polícia” disse o jovem. “A Diretoria de Ensino passou pela escola só para pedir o fim da ocupação, não quer dialogar com os estudantes sobre o fechamento de escolas ou nos explicar o que está acontecendo”.

 

Foto: Saboia News

 

“A UMES apoia a ocupação, e vamos estimular estes tipos de manifestação. Os estudantes estão nas ruas contra o fechamento das escolas, e estas ocupações vão se ampliar se o fechamento de escolas não for revertido. A nossa mobilização vai crescer cada vez mais, porque ninguém é favorável ao fechamento de escola. ‘Quem fecha escola abre prisão’”, afirmou Marcos Kauê, presidente da UMES. Que em apoio a ocupação, acampou na escola, junto com a diretoria da UMES, para manifestar sua solidariedade e apoio aos estudantes presentes na ocupação.

 

“Acampamos na frente da escola para manifestar nossa solidariedade. E ficamos do lado de fora porque a polícia não permitiu a nossa entrada. Não deixavam nem comida nem água entrar” denunciou Kauê. Para ele a ocupação é muito importante porque é um exemplo de como os estudantes e a população estão se sentindo em relação ao fechamento das escolas. “Desde o início avisamos ao secretário de educação que os estudantes, suas famílias e a população eram contra o fechamento de escolas e contra a reorganização. Ninguém está feliz com essa medida, e a prova são as centenas de manifestações nas escolas, nas ruas. E agora temos a ocupação da escola Fernão Dias, e da escola Diadema que fica em outro município, denunciando essa falta de diálogo”.

 

Foto: Ícaro Bendas

 

“No Fernão falta cadeira, professor e carteira. As portas estão quebradas, os banheiros abandonados com os vasos quebrados. Nossas salas estão superlotadas e nós, estudantes, só queremos melhorias e investimentos. Estamos lutando por nossa escola e por todas as outras, porque o estudante precisa de escola e tem o direito de escolher onde quer estudar” disse a estudantes Mariana Martins que estava do lado de fora da escola, na tarde de ontem, devido à proibição da polícia. Junto com Mariana estavam diversos estudantes, pais, professores e moradores do bairro. Enquanto prestavam solidariedade aos estudantes na ocupação, a manifestação do lado de foram estava com cartazes e faixas defendendo a ocupação. "Aqui eu vou, aqui eu vou ficar, da minha escola ninguém vai me tirar" e “não tem arrego, você tira a minha escola e eu tiro o seu sossego” cantavam do lado de fora todos os que prestavam solidariedade a ocupação.

 

Heudes explicou que no começo da ocupação os estudantes tinham total controle sobre a entrada e saída da escola, e deixaram livre o fluxo de estudantes, professores e demais pessoas. Porém após a chegada da polícia, na manhã de terça, com mais de 10 viaturas e até mesmo um ônibus, a entrada da escola foi bloqueada e todos foram proibidos de entrar. “Só era permitida a saída dos estudantes, que precisavam apresentar seus documentos”, comentou.

 

Foto: Saboia News

 

“A polícia fez um cerco à escola. Cercaram toda a escola com um cordão de policiais. Havia dezenas de policiais para acabar com a ocupação, eles impediam a entrada na escola, e proibiram que água ou comida fosse dada aos estudantes. Até a comunicação ficou difícil. Pelo menos duas pessoas foram presas e houve agressões”, disse Tiago Cesar, vice-presidente da UMES, que estava presente na escola e passou a noite por lá.

 

Com a reorganização o fundamental II (5° à 8° serie) do Fernão Dias será encerrado, no período da tarde, e a escola terá apenas ensino médio. Para Heudes a escola receberá centenas de estudantes do ensino médio da região, o que aumentará ainda mais a superlotação das salas da escola.

 

No município do ABC a Escola Estadual Diadema também foi ocupara contra o fim do ensino médio da escola. A ocupação teve início as 19 horas desta segunda, quando alunos de 12 salas acamparam no refeitório e pátio da unidade escolar. Os estudantes querem que o governo Alckmin recue de sua decisão de fechar o ensino médio e o período noturno da escola.

 

Carteirinha da UMES

 

icone-carteirinha-umes

 

icone-guia-de-descontos-umes

 

 

 

Informações

 

icone-gremio-estudantil

 

CPCUmesFilmes Logo fundo branco

 

 

 

Parceiros

 

sptrans

 

 

logo zumbi faculdade comunitaria

 

 

casa mestre ananias

 

 

 

Fique bem informado

 

hp

 

 

icone-apeoesp

 

 

icone-campanha-educacao

 

 

portal do bixiga

 

pornoimpala.info pornopingvin.com
Yurtdışı Eğitim Makedonya Avrupa Üniversitesi Makedonya Eğitim Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Saraybosna Üniversiteleri Makedonya Üniversiteleri Struga Üniversitesi Kiril Metodi Üniversitesi Bulgaristanda Eğitim Bulgaristanda Eğitim Bulgaristan Üniversiteleri Bulgaristan Üniversitesi Bulgaristan Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukraynada Üniversite Ukrayna Üniversiteleri Malta Dil Okulları Gürcistan üniversiteleri Gürcistan Eğitim Malta Dil Okulu Malta Nerede ingiltere Dil Okulları ESE Malta Dil Okulu Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив