Passagem a R$ 3,80 não!

Estudantes contra o aumento da passagem no 3º ato na Avenida Paulista

 

“No último período a realidade de São Paulo e do Brasil foi o aumento do desemprego e da recessão, por isso aumentar a passagem para R$ 3,80 nessa conjuntura vai piorar a vida das pessoas porque vai pesar no bolso do trabalhador” afirmou o presidente da UMES, Marcos Kauê, nesta quarta-feira (14), durante o 3º ato contra os aumentos da passagem anunciados pelos governos estadual e municipal de São Paulo, ainda no final de 2015.

 

“Para a UMES este aumento é inaceitável, e ao contrario do que dizem está muito acima da inflação”, afirmou Kauê na plenária da UMES durante a manifestação de ontem ao explicar aos estudantes que entre o final de 2013 e o final de 2015 a passagem passou de R$ 3,00 para R$ 3,80, um aumento de 27%, enquanto a inflação acumulada no período foi de 17,76%.

 

A 3º manifestação teve concentração em dois pontos da cidade a partir das cinco da tarde, um no Largo da Batata, em Pinheiros, com direção ao metrô Butantã, e o segundo no Teatro Municipal de São Paulo com direção ao metrô Consolação. O clima para o inicio da manifestação estava muito tenso devido a forte presença policial nas regiões de concentração e no seu entorno. Nas estações de metrô os policiais estavam revistando qualquer pessoa com bolsas, mochilas ou sacolas. Ainda no inicio da atividade muitos manifestantes, ainda indignados com a repressão covarde dos policiais no primeiro e segundo ato, denunciavam as ações da policia sob a tutela da Secretaria de Segurança Pública do Estado como um ato covarde.

 

Início da maniefstação no Largo da Batata (foto: Giovanna Bittencourt)

 

Pouco depois das seis horas ambas as concentrações, a do Largo da Batata e do Teatro Municipal, iniciaram a manifestação. Foram quase três horas de caminhada sob garoa constante, porém mesmo nessas condições mais de 10 mil pessoas se somaram aos dois atos contra o aumento da passagem. Durante ambos os percursos foram cantadas muitas palavras de ordem denunciando o aumento: “3,80 o povo não aguenta” ou “mãos para o alto 3,80 é um assalto”. Ao fim da manifestação foi organizado um jogral, onde a manifestação denunciou que os aumentos nesse período de crise e desemprego são criminosos. Também foi anunciado que diversos terminais e vias da cidade foram fechados. Por fim, a quarta manifestação contra os aumentos da passagem foi convocada para o dia 19, terça-feira que vem.

 

Encerrada a manifestação, as pessoas se dirigiram para o metrô Butantã e Consolação, porém quando todos pensavam que desta vez não haveria repressão policial a PM organizou um cerco em volta das estações impedindo todos de entrarem. Nesse momento era possível ver mais policiais se dirigindo aos cercos batendo seus cassetetes em suas botas e em seus escudos. Não demorou muito para a primeira bomba ser disparada, dando início mais uma vez a repressão policial.

 

“É um absurdo que um aparelho do estado, que existe para garantir a segurança, coloque a vida dos manifestantes em risco. Somos contra este tipo de ação autoritária e violenta. É um absurdo a polícia militar fazer isso numa manifestação pacífica. É um absurdo que o estado mande a PM atrás da juventude e de estudantes que estão lutando pelos seus direitos. A UMES é totalmente contra essa repressão e violência, a polícia tratou mais uma vez os estudantes como bandidos e ladrões”, comentou Kauê.

 

(foto: Giovanna Bittencourt)

 

“Mas não vamos nos intimidar com os abusos policiais! Já está provado que quando a gente luta junto consegue vencer. Estas manifestações são muito importantes e queria convidar todos os estudantes para estarem presentes na próxima terça-feira, porque queremos saber para onde estão indo esses R$ 3,80, com o que é gasto. Esse dinheiro não está indo para a periferia, onde falta ônibus, onde tem ônibus quebrado, para as vias e malhas de ônibus e metro, que são totalmente insuficientes. Por isso temos que ir para a rua cobrar um transporte com valor justo, temos que ir para a rua barrar esse aumento e dizer para o governo que não vamos aceitar esse aumento!” Por fim Kauê lembrou que “não é todo mundo que tem passe livre, não podemos agir como se toda a sociedade tivesse passe livre. É um absurdo o governo aumentar a passagem nesse momento de crise, de famílias voltando o para a pobreza, e para a miséria”.

 

A próxima manifestação contra o aumento será realizada terça-feira (19), com concentração às 17 horas na esquina da Avenida Faria Lima com a Avenida Rebouças, próximo ao metrô Fradique Coutinho e Faria Lima. Se some a essa luta com a UMES, entre em contato pelo telefone 3289-7477, pelo Facebook ou e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. e organize você também a sua escola contra esse aumento da tarifa!

 

Carteirinha da UMES

 

icone-carteirinha-umes

 

icone-guia-de-descontos-umes

 

 

 

Informações

 

icone-gremio-estudantil

 

CPCUmesFilmes Logo fundo branco

 

 

 

Parceiros

 

sptrans

 

 

logo zumbi faculdade comunitaria

 

 

casa mestre ananias

 

 

 

Fique bem informado

 

hp

 

 

icone-apeoesp

 

 

icone-campanha-educacao

 

 

portal do bixiga

 

pornoimpala.info pornopingvin.com
Yurtdışı Eğitim Makedonya Avrupa Üniversitesi Makedonya Eğitim Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Saraybosna Üniversiteleri Makedonya Üniversiteleri Struga Üniversitesi Kiril Metodi Üniversitesi Bulgaristanda Eğitim Bulgaristanda Eğitim Bulgaristan Üniversiteleri Bulgaristan Üniversitesi Bulgaristan Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukraynada Üniversite Ukrayna Üniversiteleri Malta Dil Okulları Gürcistan üniversiteleri Gürcistan Eğitim Malta Dil Okulu Malta Nerede ingiltere Dil Okulları ESE Malta Dil Okulu Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив