Grêmio do Astrogildo: escola está sem merenda desde o início das aulas

 

A UMES recebeu mais uma denuncia sobre a falta de merenda nas escolas de São Paulo. Desta vez a denuncia foi feita pelo grêmio da escola Astrogildo Arruda que afirmou que a cozinha não conta nem mesmo com cozinheiras e serventes para organizar a alimentação dos alunos.

 

“A cozinha está fechada desde o início das aulas desse ano”, disse o presidente do grêmio, Jeferson Fernando. Ele explica que o estudantes se mobilizaram para descobrir o porquê do problema, mas a diretoria disse apenas que não há funcionários. “A diretoria disse que o governo cortou o quadro de funcionários e agora não tem ninguém para distribuir a merenda”.

 

Para Jeferson a falta de merenda é um problema muito serio. Ele explicou que a escola fica em uma região afastada da zona leste, e que muitos alunos que estudam na escola são de baixa renda. “A merenda é essencial na escola. Muitos alunos se alimentam com a merenda, mas os mais pobres, que precisam muito da merenda e que se animam a vir pra escola por causa da merenda hoje eles não podem contar nem com isso”.

 

Já a aluna Luana M., do 3º ano do ensino médio, disse que a escola colocou as cozinheiras em outra função. Ao tratar da falta de merenda a estudante afirmou que a escola conta com duas cozinheiras. “Temos duas cozinheiras, mas é lógico que elas não estão trabalhando na cozinha”, comentou a estudante. Segundo ela desde o início das aulas a merenda foi distribuída apenas duas vezes, e o “prato” foi bolacha.

 

Por sua vez, Caio Guilherme, diretor da UMES pela região leste, que foi visitar a escola e apoiar o grêmio na luta para reestabelecer a merenda, lembrou que hoje o governo de São Paulo cortou a merenda escolar na maioria das cidades do Estado. Durante sua vizita a cozinha permaneceu fechada durante todo o intervalo. 

 

Sessão de cinema com debate

 

 

Nesta quinta a UMES realizou na escola a exibição do filme “Capitães da Areia”, de Cecília Amado (2011). A sessão de cinema faz parte do ciclo de debates da UMES nas escolas de São Paulo visando discutir a educação e os crescentes cortes contra os direitos da juventude, promovendo o resgate da cultura nacional. A maratona de atividades também conta com apresentações capoeira, palestras e muito mais.

 

 “Capitães da Areia”, de Cecília Amado (2011), retrata a vida de meninos de rua em Salvador com base na obra de Jorge Amado de mesmo nome, livro publicado em 1937. O filme da base para a discussão da maioridade pena, aprovada em 2015 pelo presidente da Câmara, eleito na chapa de Dilma para presidente.

 

Carteirinha da UMES

 

icone-carteirinha-umes

 

icone-guia-de-descontos-umes

 

 

 

Informações

 

icone-gremio-estudantil

 

CPCUmesFilmes Logo fundo branco

 

 

 

Parceiros

 

sptrans

 

 

logo zumbi faculdade comunitaria

 

 

casa mestre ananias

 

 

 

Fique bem informado

 

hp

 

 

icone-apeoesp

 

 

icone-campanha-educacao

 

 

portal do bixiga

 

pornoimpala.info pornopingvin.com
Yurtdışı Eğitim Makedonya Avrupa Üniversitesi Makedonya Eğitim Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Saraybosna Üniversiteleri Makedonya Üniversiteleri Struga Üniversitesi Kiril Metodi Üniversitesi Bulgaristanda Eğitim Bulgaristanda Eğitim Bulgaristan Üniversiteleri Bulgaristan Üniversitesi Bulgaristan Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukraynada Üniversite Ukrayna Üniversiteleri Malta Dil Okulları Gürcistan üniversiteleri Gürcistan Eğitim Malta Dil Okulu Malta Nerede ingiltere Dil Okulları ESE Malta Dil Okulu Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив