Intervenção do governo de SP no grêmio é crime

 

Na tarde de hoje, durante o segundo dia da Conferência Popular de Educação, foi realizado o debate sobre a intervenção do governo Alckmin nos grêmios do Estado. A atividade foi organizada pela Apeoesp com apoio da UMES e outras entidades

 

 

“Essa medida é criminosa e é na verdade uma forma de tentar limitar a ação do movimento estudantil devido a derrota do governo em 2015, que precisou recuar da sua proposta de reorganização escolar. É uma medida que vai contra o direto a livre associação da Constituição Federal e contra a Lei do Grêmio Livre”, disse Marcos Kauê sobre o suposto início das eleições de grêmio sob a intervenção do governo de São Paulo.

 

Kauê denuncia a criação de grêmios biônicos pelo governo de SP

 

Leia: O Grêmio Estudantil é dos estudantes Sr. Governador!

 

“O governador queria fechar 94 escolas e obrigar a transferência de mais de 300 mil alunos para unidades mais distantes de sua casa. O movimento estudantil organizado através dos grêmios e da UMES demonstrou que se tratava apenas de mais um corte na educação de São Paulo, por isso a proposta de fechar escolas. Assim ocupamos 200 escolas, realizamos dezenas de manifestações e derrotamos a proposta do governo com o apoio da sociedade e do Ministério Publico”, disse Kauê ressaltando que o grêmio livre foi fundamental para todo esse processo.

 

 

“É por isso que o governador quer intervir nos grêmios, porque ele sabe que foram os grêmios que organizaram as ocupações. Foram os grêmios que realizaram dezenas de manifestações pelo Estado. Foram os grêmios que derrotaram o projeto da reorganização. E se Alckmin acha que vai conseguir intervir nos grêmios para aprovar a reorganização ele não está pensando direito. Está subestimando os estudantes. O grêmio é livre e se fechar a gente ocupa”.

 

Até agora não tivemos noticias do início das eleições sob supervisão do governo de São Paulo, porém a pagina da Secretaria de Educação afirma que realizaria de forma unificada a eleição estudantil nas quase cinco mil escolas do Estado. O cronograma prevê inscrição de chapa durante os dias 16 e 17 de março e as eleições entre os dias 13 e 14 de abril. A intervenção eleitoral tem como proposta “reformular” os grêmios que segundo o governo não funcionam como deveriam. Provavelmente o funcionamento que eles esperam é que os estudantes concordem com propostas estúpidas como o fechamento de escolas e o sucateamento da educação para destruir a escola pública. Para tanto será formada uma comissão pró-grêmio dirigida por um professor escolhido pelo governo.

 

Carteirinha da UMES

 

icone-carteirinha-umes

 

icone-guia-de-descontos-umes

 

 

 

Informações

 

icone-gremio-estudantil

 

CPCUmesFilmes Logo fundo branco

 

 

 

Parceiros

 

sptrans

 

 

logo zumbi faculdade comunitaria

 

 

casa mestre ananias

 

 

 

Fique bem informado

 

hp

 

 

icone-apeoesp

 

 

icone-campanha-educacao

 

 

portal do bixiga

 

pornoimpala.info pornopingvin.com
Yurtdışı Eğitim Makedonya Avrupa Üniversitesi Makedonya Eğitim Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Saraybosna Üniversiteleri Makedonya Üniversiteleri Struga Üniversitesi Kiril Metodi Üniversitesi Bulgaristanda Eğitim Bulgaristanda Eğitim Bulgaristan Üniversiteleri Bulgaristan Üniversitesi Bulgaristan Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukraynada Üniversite Ukrayna Üniversiteleri Malta Dil Okulları Gürcistan üniversiteleri Gürcistan Eğitim Malta Dil Okulu Malta Nerede ingiltere Dil Okulları ESE Malta Dil Okulu Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив