Novas eleições são a única forma de restituir a soberania popular, diz o líder do MTST

21-9-16 Boulos

 

O coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, avaliou que o PT "não tem mais autoridade política e moral para assumir a hegemonia" da esquerda. "O PT chegou à Presidência e ficou lá por 13 anos. Mas sem o respaldo da mobilização popular ficou refém das negociatas de sempre. Aos poucos, o projeto perdeu a capacidade de dialogar com o povo", assinalou.

Em entrevista para o programa Jogo de Carta, transmitido no site da revista CartaCapital, ele afirmou o governo Temer é o mais nocivo aos trabalhadores desde o início da Nova República, por não ter compromisso com o eleitorado. "O movimento pelas Diretas Já é a única forma de interromper essa ameaça", avaliou,

Segundo Boulos, o país tem atualmente "um presidente ilegítimo, que desrespeitou a vontade manifestada pelo voto". "Isso, por si só, justificaria a convocação de novas eleições para restituir a soberania popular", destacou.

Ele advertiu que Temer "não foi eleito, não pretende a reeleição, não tem compromisso algum com o eleitorado. Não precisa prestar contas a ninguém. Pode tocar um programa de terra arrasada". "Mas tem gente na esquerda que acredita que o frágil governo Temer pode ser mais interessante que um eventual governo tucano eleito pelas urnas", acrescentou.

Boulos comentou que a recente denúncia contra Lula é "a consumação de uma farsa preparada há algum tempo". "Depois de meses de investigação, um procurador da República apresenta-se para dizer que o ex-presidente é o comandante máximo da corrupção no País", apontou. Para ele, o ex-presidente é vítima de um linchamento, mas não hesita em apontar seus erros.

"O principal foi ter apostado na conciliação com os de cima, os mesmos que promoveram o golpe", disse. Ele sublinhou que "os bancos tiveram lucros recordes nos últimos 13 anos. O agronegócio, as empreiteiras, o setor da construção civil, mineração. Os trabalhadores também ganharam alguma coisa, gotejou algo para a senzala. Por um período, isso deu certo".

Guilherme Boulos também faz críticas à ex-presidente Dilma Rousseff, lembrando que a postura dela no governo foi "muito ruim". "Ela adotou o programa do adversário", observou. "O que deu condições e base social para o golpe foi o ajuste fiscal de Dilma", completou.

Fonte: Hora do Povo

 

Carteirinha da UMES

 

icone-carteirinha-umes

 

icone-guia-de-descontos-umes

 

 

 

Informações

 

icone-gremio-estudantil

 

CPCUmesFilmes Logo fundo branco

 

 

 

Parceiros

 

sptrans

 

 

logo zumbi faculdade comunitaria

 

 

casa mestre ananias

 

 

 

Fique bem informado

 

hp

 

 

icone-apeoesp

 

 

icone-campanha-educacao

 

 

portal do bixiga

 

pornoimpala.info pornopingvin.com
Yurtdışı Eğitim Makedonya Avrupa Üniversitesi Makedonya Eğitim Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Saraybosna Üniversiteleri Makedonya Üniversiteleri Struga Üniversitesi Kiril Metodi Üniversitesi Bulgaristanda Eğitim Bulgaristanda Eğitim Bulgaristan Üniversiteleri Bulgaristan Üniversitesi Bulgaristan Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukraynada Üniversite Ukrayna Üniversiteleri Malta Dil Okulları Gürcistan üniversiteleri Gürcistan Eğitim Malta Dil Okulu Malta Nerede ingiltere Dil Okulları ESE Malta Dil Okulu Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив