facebook INSTA

Só 15% dos alunos do ensino fundamental têm bom desempenho em ciências

Pesquisa da Unesco com alunos de 4º e 7º anos de quinze países da América Latina e Caribe mostra que o Brasil também patina em matemática e leitura

 

Um novo estudo da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) divulgado nesta quinta-feira mostrou que apenas 15,66% dos alunos do ensino fundamental no Brasil apresentam nível bom ou ótimo em ciências naturais - do total, só 1,46% pode ser considerado excelente na disciplina. O Terceiro Estudo Regional Comparativo e Explicativo (TERCE) foi realizado em quinze países da América Latina e Caribe e avaliou, além dos conhecimentos em ciências, os níveis de matemática e leitura de estudantes do 4º e 7º anos do ensino fundamental de escolas públicas.

Em comparação com os outros países da região, o Brasil fica na oitava posição na área de ciências naturais. Países economicamente menos representativos, como Costa Rica, Colômbia e Peru, obtiveram melhor pontuação nessa disciplina e, portanto, ficam mais a frente na lista, encabeçada pelo Chile. "Se a região quer se destacar na produção tecnológica, precisa melhorar essa área de estudos", afirmou Moritz Bilagher, coordenador técnico do TERCE.

O desempenho dos alunos brasileiros em leitura e matemática também está longe do ideal. Menos da metade dos estudantes chega ao 7º ano com nível bom ou excelente em leitura (49,93%) e em matemática (40,4%).

Em leitura, o Brasil aparece na sexta posição na comparação com os demais países, com pontuação de 523,93 pontos no 7º ano e 519,33 no 4º ano.

Já em matemática, o nível dos alunos do 4º ano foi melhor que o dos estudantes do 7º ano e reflete a disparidade entre séries iniciais e séries finais do ensino fundamental, como já havia revelado a publicação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2013. No 4º ano, a pontuação obtida pelos alunos foi de 539,54 pontos, pouco mais de 17 pontos acima da média da região, de 521,70 pontos. Já no 7º ano, a nota obtida em matemática foi 519,63.  
A pesquisa foi feita com base no resultado de testes aplicados entre maio e outubro de 2013 e contou com 7.408 alunos de escolas brasileiras. Em toda a América Latina e Caribe foram cerca de 134.000 estudantes avaliados, sendo 67.000 em cada etapa de ensino. A escala de notas dos países em cada disciplina varia de 1 a 999. 

 

 

Carteirinha da UMES

 

Doc Estudante 2019 UMES fte Alta Cartaz
 

 

Informações

 

CPCUmesFilmes Logo fundo branco

 

 

 

Parceiros 

sptrans

 

  

casa mestre ananias

 

 

 

Fique bem informado

 

hp

 

 

icone-apeoesp

 

 

icone-campanha-educacao

  

  

cropped-capasitecomite-1

Comitê de Luta pela 
Educação Sem Censura

 

   

portal do bixiga

 

 

logo anpof2

Associação Nacional de

Pós-Graduação em Filosofia

 

pornoimpala.info pornopingvin.com
Yurtdışı Eğitim Makedonya Avrupa Üniversitesi Makedonya Eğitim Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Saraybosna Üniversiteleri Makedonya Üniversiteleri Struga Üniversitesi Kiril Metodi Üniversitesi Bulgaristanda Eğitim Bulgaristanda Eğitim Bulgaristan Üniversiteleri Bulgaristan Üniversitesi Bulgaristan Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukraynada Üniversite Ukrayna Üniversiteleri Malta Dil Okulları Gürcistan üniversiteleri Gürcistan Eğitim Malta Dil Okulu Malta Nerede ingiltere Dil Okulları ESE Malta Dil Okulu Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив