facebook INSTA

Planalto torra um trilhão com juros e sinaliza novo aumento da taxa Selic

Analistas do sistema financeiro, ouvidos pelo boletim Focus do Banco Central, estimam um aumento de 0,5 ponto percentual da taxa Selic, atualmente em 11,75% ao ano, na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), nos dias 20 e 21.

Este filme já foi visto e todos sabem o triste final da história: uma transferência brutal de recursos públicos para os bancos, aumento da dívida pública e paralisia da atividade econômica.
Segundo os próprios números do Banco Central, o setor público pagou em juros R$ 264,8 bilhões, dos quais R$ 233,4 bilhões do governo federal. De janeiro de 2011 a novembro de 2014, foram torrados com juros nada menos que R$ 963,6 bilhões, quase um trilhão de reais. Desse montante, o governo Dilma transferiu R$ 828 bilhões, em juros, aos bancos.

O desperdício de recursos do conjunto do setor público com juros foi assim distribuído no governo Dilma, conforme o BC:

- 2011: R$ 236.673.306.186,90;
- 2012: R$ 213.862.792.443,92;
- 2013: R$ 248.855.689.749,34;
- 2014: R$ 264.172.835.371,50 (até novembro).

Em recente artigo, o diretor de competitividade da Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Mário Bernardini, resumiu bem a questão: “É fato conhecido que os bancos, no Brasil, praticam juros que, em qualquer outro país, seriam caso de polícia, o que acarreta vários e graves efeitos colaterais. Um deles é o encarecimento da produção nacional ao acrescentar cerca de sete pontos percentuais aos custos da indústria de transformação”.

Com efeito, mesmo faltando o resultado de dezembro, a produção industrial foi um verdadeiro desastre no ano passado – na verdade, durante todo o primeiro governo Dilma -, como atesta a pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE): queda de 3,2%. No acumulado nos últimos 12 meses, também recuo de 3,2%.

Centrais e entidades do movimento popular estão convocando manifestações pela redução imediata dos juros, em Brasília e nas capitais (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Salvador, Recife, Fortaleza e Belém) com sedes regionais do Banco Central.

Fonte: Hora do Povo

Carteirinha da UMES

 

Doc Estudante 2019 UMES fte Alta Cartaz
 

 

Informações

 

CPCUmesFilmes Logo fundo branco

 

 

 

Parceiros 

sptrans

 

  

casa mestre ananias

 

 

 

Fique bem informado

 

hp

 

 

icone-apeoesp

 

 

icone-campanha-educacao

  

  

cropped-capasitecomite-1

Comitê de Luta pela 
Educação Sem Censura

 

   

portal do bixiga

 

 

logo anpof2

Associação Nacional de

Pós-Graduação em Filosofia

 

pornoimpala.info pornopingvin.com
Yurtdışı Eğitim Makedonya Avrupa Üniversitesi Makedonya Eğitim Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Saraybosna Üniversiteleri Makedonya Üniversiteleri Struga Üniversitesi Kiril Metodi Üniversitesi Bulgaristanda Eğitim Bulgaristanda Eğitim Bulgaristan Üniversiteleri Bulgaristan Üniversitesi Bulgaristan Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukraynada Üniversite Ukrayna Üniversiteleri Malta Dil Okulları Gürcistan üniversiteleri Gürcistan Eğitim Malta Dil Okulu Malta Nerede ingiltere Dil Okulları ESE Malta Dil Okulu Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив