facebook INSTA

Alckmin deixa 28 mil professores desempregados

Com a decisão do governador Geraldo Alckmin (PSDB) de fechar 3.330 salas de aula, 28 mil professores temporários ficaram sem trabalho

 

As três mil salas de aula fechadas pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) na rede estadual de educação, além de resultar em turmas superlotadas e aumento na fila de espera por vaga, gerou desemprego de aproximadamente 28 mil professores temporários. É o caso da professora de História, Tatiane Nunes, que há quatro anos presta serviço ao governo do Estado e pela primeira vez não conseguiu atribuição de aula. No ano passado, Tatiane, que mora e trabalhava em Mauá, dava 20 aulas por semana; em 2015, não conseguiu nenhuma.

 

“Eu sou vítima do sistema falido da educação pública estadual. Não darei aulas pois muitas salas foram fechadas. Enquanto isso, a qualidade do ensino caiu, porque as salas estão superlotas e muitas turmas com aula vaga. Os professores que estão na rede não dão mais conta de educar com tanto problema”, avaliou Tatiane.

 

Na avaliação da Apeoesp, o fechamento das salas de aulas e a “duzentena” (que obriga professores temporários a ficar 200 dias sem trabalhar na rede de ensino após ter contrato vencido com o governo Estadual) são os grandes responsáveis pelo alto índice de desemprego na categoria.

 

“As subsedes estão enviando ofícios para as Diretorias de Ensino para que informem quantos professores estão na ‘duzentena’. Enquanto isso, estamos na luta para a reabertura de turmas, por aumento nos salários dos educadores e também por melhores condições de trabalho”, afirma o diretor regional da Apeoesp, Andre Sapanos.

 

Greve

 

O ato será realizado na avenida Paulista. Entre as cobranças que são feitas pelos educadores ao governador está a garantia da distribuição de água nas escolas, reajuste salarial de 75%, a reabertura das salas de aula fechadas no início do período letivo e o fim da carência para contratação os professores eventuais.

 

Em nota, a secretaria de Educação do Estado afirmou que, entre suas prioridades, está o “aumento do quadro de professores concursados”. Por isso, completa, somente em 2014, contratou 38 mil profissionais aprovados em concurso público. No entanto, sobre os temporários, se limitou a dizer que mantém quadro de docentes para “suprir determinadas ausências”.

 

Fonte: Apeoesp

Carteirinha da UMES

 

Doc Estudante 2019 UMES fte Alta Cartaz
 

 

Informações

 

CPCUmesFilmes Logo fundo branco

 

 

 

Parceiros 

sptrans

 

  

casa mestre ananias

 

 

 

Fique bem informado

 

hp

 

 

icone-apeoesp

 

 

icone-campanha-educacao

  

  

cropped-capasitecomite-1

Comitê de Luta pela 
Educação Sem Censura

 

   

portal do bixiga

 

 

logo anpof2

Associação Nacional de

Pós-Graduação em Filosofia

 

pornoimpala.info pornopingvin.com
Yurtdışı Eğitim Makedonya Avrupa Üniversitesi Makedonya Eğitim Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Saraybosna Üniversiteleri Makedonya Üniversiteleri Struga Üniversitesi Kiril Metodi Üniversitesi Bulgaristanda Eğitim Bulgaristanda Eğitim Bulgaristan Üniversiteleri Bulgaristan Üniversitesi Bulgaristan Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukraynada Üniversite Ukrayna Üniversiteleri Malta Dil Okulları Gürcistan üniversiteleri Gürcistan Eğitim Malta Dil Okulu Malta Nerede ingiltere Dil Okulları ESE Malta Dil Okulu Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив