facebook INSTA

Museu do Bixiga reabre com exposição e mês dedicado à Memória Negra do bairro

260082320_4360401047391541_7318555628188707964_n.jpg

 

O Museu Memória do Bixiga, que completa 40 anos em 2021, reabriu suas portas no dia 20 de novembro, após período fechado por conta da pandemia. A reabertura conta com exposição, encontros, música e gastronomia em projeto denominado Mês da Memória Negra do Bixiga, cujo objetivo é valorizar e resgatar a história do povo negro que habita um dos bairros mais tradicionais de São Paulo desde antes da chegada dos italianos.

O Bixiga tem como data de fundação o dia 01 de outubro de 1878, quando o imperador D. Pedro II esteve nessas terras e lançou a pedra fundamental para a construção de um hospital, que acabou não sendo construído, mas deu início ao processo de loteamento e urbanização da região.

Muito antes de 1878, porém, registros históricos já apontavam a presença de negros em quilombos nas terras do Bixiga. Em 1831, a Prefeitura emitiu um documento solicitando o fechamento do acesso do Rio Anhangabaú ao Bixiga para impedir o trânsito de escravizados fugidos dos leilões que aconteciam no Largo do Piques (atual Praça da Bandeira) e Vale do Anhangabaú e que chegavam à região através do Rio Saracura.

A história fez com que o Bixiga ficasse conhecido como bairro italiano, mas a cultura deste território foi construída em seus primórdios também pelos negros, e isso se reflete através dos dois maiores símbolos da comunidade, a paróquia de Nossa Senhora Achiropita e a Escola de Samba Vai-Vai.

É para contar um pouco mais dessa história que o Museu do Bixiga lança o ‘Mês da Memória Negra do Bixiga’, cujo objetivo é recuperar o protagonismo da história do povo negro, enraizada nas ruas do bairro, mas com pouco registro documental. O Museu vai abrir suas portas para pessoas que vão contar a história de suas famílias e as tradições de seus antepassados, além de apresentações que valorizarão sua música e gastronomia.

 

Sobre o MUMBI: O Museu Memória do Bixiga foi criado no dia 30 de abril de 1981 por Armando Puglisi, que teve a ideia de reunir uma série de fotos e objetos doados por moradores do bairro como forma de preservar a história do Bixiga, um museu que preservaria a memória dos varridos da história. “A gente nunca pode esquecer o ser humano da história do bairro”, dizia Puglisi.

A exposição ‘Memória Negra do Bixiga’ estará aberta ao público de 20 de novembro a 12 de dezembro de quinta a domingo das 12h às 20h. Às sextas, sábados e domingos, rodas de conversa com personagens da história, música e gastronomia complementam a exposição.

 

Mês da Memória Negra do Bixiga
Quando: de 20 de novembro a 12 de dezembro
Onde: Museu do Bixiga – Rua dos Ingleses, 118
Informações e Programação: @mumbixiga

 

Com informações do Portal do Bixiga

Carteirinha da UMES

 

Doc Estudante 2019 UMES fte Alta Cartaz
 
 

Cultura

 

CPCUmesFilmes Logo fundo branco

 

  

Parceiros 

sptrans

 

  

casa mestre ananias

  

 

Fique bem informado

 

hp

 

 logo

 

 

jornaldausp

 

 

 portal do bixiga 

 

 

pornoimpala.info pornopingvin.com
Yurtdışı Eğitim Makedonya Avrupa Üniversitesi Makedonya Eğitim Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Saraybosna Üniversiteleri Makedonya Üniversiteleri Struga Üniversitesi Kiril Metodi Üniversitesi Bulgaristanda Eğitim Bulgaristanda Eğitim Bulgaristan Üniversiteleri Bulgaristan Üniversitesi Bulgaristan Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukraynada Üniversite Ukrayna Üniversiteleri Malta Dil Okulları Gürcistan üniversiteleri Gürcistan Eğitim Malta Dil Okulu Malta Nerede ingiltere Dil Okulları ESE Malta Dil Okulu Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив