facebook INSTA

MEC não apoia aprendizagem de estudantes durante pandemia, criticam Secretários de Educação

Abraham-Weintraub-Foto_-Marcelo-Camargo_Agencia-Brasil.jpg

Secretários estaduais de Educação de todo o país divulgaram uma nota afirmando que o Ministério da Educação (MEC) não tem apoiado os estados para garantir a aprendizagem dos estudantes durante a pandemia de Covid-19

O comunicado emitido pelo Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Educação (Consed) é uma resposta a declarações feitas pelo ministro da Educação do governo Bolsonaro, Abraham Weintraub, no Twitter. Em uma publicação sobre o cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), Weintraub afirmou que "o ano não está perdido", criticou governadores que mantém a quarentena para reduzir o contágio de coronavírus.

"Considerando as orientações de especialistas e autoridades em saúde, e em defesa da vida e da saúde de todos, inclusive dos estudantes e profissionais de educação, o CONSED defende as ações de isolamento social e trabalha para encontrar soluções que permitam a aprendizagem dos alunos, com ações como oferecimento de ensino remoto e um planejamento do retorno às aulas presenciais que possa mitigar as perdas e para garantir a aprendizagem de nossos estudantes. Para isso, os estados não têm recebido o apoio do MEC", diz a nota dos secretários.

No Twitter, no último domingo, ao defender a manutenção das datas do Enem, Weintraub disse que os governadores "devem tirar as nádesgas da cadeira e rebolar" para resolver o problema dos estudantes.

A resposta do Consed defende ainda que a data das provas do Enem sejam adiadas para que não haja prejuízo, sobretudo, para os alunos mais pobres. Abraham Weintraub decidiu manter o cronograma da prova mesmo com a suspensão de aulas em todo país segundo ele, o Enem é uma “competição” e não vê problemas nos estudantes das escolas públicas saírem prejudicados com relação aos estudantes de escolas particulares, que dispõem de maior estrutura para ensino neste período.

O Enem impresso está marcado para os dias 1 e 8 de novembro e o Enem digital será adiado para os dias 21 e 29 do mesmo mês (inicialmente, essa versão do exame seria feita nos dias 11 e 18 de outubro).

"O Consed reitera sua posição pela necessidade do ajuste no cronograma, em benefício de nossos estudantes, especialmente os mais carentes das redes públicas, que estão sem as aulas presenciais neste período e com dificuldades quanto ao pedido de isenção e para inscrição para o exame", diz a nota.

Uma decisão da 12ª Vara Cível Federal de São Paulo na última sexta-feira determina que o calendário do Enem seja adequado à realidade do atual ano letivo, que teve suspensão de aulas em todas as redes do país devido à disseminação do coronavírus.

Carteirinha da UMES

 

Doc Estudante 2019 UMES fte Alta Cartaz
 
 

Cultura

 

CPCUmesFilmes Logo fundo branco

 

  

Parceiros 

sptrans

 

  

casa mestre ananias

  

 

Fique bem informado

 

hp

 

 logo

 

 

jornaldausp

 

 

 portal do bixiga 

 

 

pornoimpala.info pornopingvin.com
Yurtdışı Eğitim Makedonya Avrupa Üniversitesi Makedonya Eğitim Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Saraybosna Üniversitesi Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Bosna Hersek Üniversiteleri Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Travnik Üniversitesi Saraybosna Üniversiteleri Makedonya Üniversiteleri Struga Üniversitesi Kiril Metodi Üniversitesi Bulgaristanda Eğitim Bulgaristanda Eğitim Bulgaristan Üniversiteleri Bulgaristan Üniversitesi Bulgaristan Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukrayna Üniversiteleri Ukraynada Üniversite Ukrayna Üniversiteleri Malta Dil Okulları Gürcistan üniversiteleri Gürcistan Eğitim Malta Dil Okulu Malta Nerede ingiltere Dil Okulları ESE Malta Dil Okulu Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив Лазерна Епилация Пловдив